PasseNaUFRGS
UFRGS Vestibular 2017
Site principal do Universitário



GUIA GUIA

CRITÉRIOS DE ELIMINAÇÃO

A UFRGS, através da Resolução nº 46/2009 do Conselho de Ensino e Pesquisa (CEPE), definiu critérios de desempenho mínimo para os candidatos, conforme detalhado a seguir, para evitar que candidatos possam ser classificados marcando aleatoriamente as alternativas das questões nas provas de múltipla escolha (com probabilidade de obter 20% de acertos) ou não se comuniquem adequadamente na língua portuguesa.

1. O candidato deve acertar pelo menos uma questão e obter escore padronizado maior do que zero em qualquer uma das nove provas constituídas de itens de escolha múltipla.

2. O candidato deve acertar no mínimo 30% do total das questões de escolha múltipla das nove provas.

3. O candidato deve obter escore mínimo de 30% do escore máximo da prova de Redação.

Até 2005, a Universidade exigia que o candidato devesse acertar no mínimo 40% das questões de escolha múltiplas. Ao reduzir essa exigência para 30% em 2006 (critério 2), haveria um grande aumento de candidatos aptos que deveriam ter suas redações avaliadas para permitir a aplicação do terceiro critério.

No Concurso Vestibular 2014 havia 42.045 candidatos disputando 5.461 vagas nos 89 cursos oferecidos. A maior densidade no curso de Medicina, com 7.988 candidatos disputando 140 vagas numa densidade de 57,06 candidatos por vaga.

Aplicados apenas os dois primeiros critérios, a Universidade teria que avaliar 27.111 redações para aplicar o terceiro critério.

Para evitar este grande acréscimo de redações a avaliar, em sua maioria de candidatos sem chances de classificação, a Universidade definiu, também em 2006, um quarto critério de desempenho mínimo.

4. Após a realização das nove provas constituídas por itens de escolha múltipla, será efetuado um ordenamento preliminar dos candidatos. Para efetuar esse ordenamento, será calculado um argumento de concorrência preliminar de cada candidato com base nessas nove provas. Serão eliminados do Concurso os candidatos que estiverem ordenados, nessa classificação preliminar, em posição de ordenamento maior do que quatro vezes o número de vagas oferecidas para o referido curso.

A aplicação do quarto critério de desempenho mínimo evita que sejam avaliadas as redações de candidatos sem chances de classificação, mantendo na disputa somente aqueles que, na classificação preliminar, estejam mais próximos da zona de classificação. Para o curso de Medicina, por exemplo, que oferece 140 vagas, serão avaliadas 560 redações (4 x 140).

A Resolução nº 22/2011 do CEPE da Universidade alterou esse quarto critério para aplicar no Concurso Vestibular 2012, já na fase de classificação preliminar dos candidatos, os mesmos critérios de classificação final adotados no Programa de Ações Afirmativas, Decisão nº 134/2007 do Conselho Universitário da UFRGS (CONSUN).

Para adequar as regras do Programa de Ações Afirmativas com a Lei Federal 12.711, de 29 de agosto de 2012, com o Decreto nº 7.824/2012, de 11 de outubro de 2012, e com a Portaria Normativa nº 18/2012, do Ministério da Educação, o CONSUN, através da Decisão 429/2012 de 26 de outubro de 2012, alterou a sistemática de aplicação da reserva de vagas para o Concurso Vestibular 2013.

Desta forma, a partir de 2013, o 4º critério de desempenho mínimo passou a considerar na classificação preliminar os mesmos critérios de classificação final adotados no Programa de Ações Afirmativas:

4.a- serão pré-classificados os candidatos que, independente da modalidade de inscrição, estiverem posicionados até 4 vezes o número de vagas destinadas à modalidade de acesso universal;

4.b- os candidatos optantes pelo Programa de Ações Afirmativas que não forem pré-classificados nas vagas universais serão então pré-ordenados para o curso que estiverem concorrendo, dentro de cada opção de sistema de ingresso do Programa de Ações Afirmativas. Serão considerados pré-classificados os candidatos que estiverem posicionados, dentros de sua opção de sistema de ingresso, em até quatro vezes o número de vagas destinadas à respectiva modalidade de sistema de ingresso.

4.c- no caso de não haver candidatos em condições de preencher as vagas destinadas para uma modalidade de sistema de ingresso, conforme estabelecido no item 4.b, estas serão preenchidas por candidatos, que não foram pré-classificados, na mesma ordem de prioridade estabelecida para a classificação final.

4.d- no caso de ainda restarem posições não preenchidas, elas serão ocupadas pelos candidatos, inscritos na modalidade universal, de melhor classificação e que não foram pré-classificados.

Cada prova de múltipla escolha é composta por 25 questões. Os candidatos respondem a um total de 225 questões e devem acertar no mínimo uma questão em cada prova e totalizar no mínimo 68 acertos no conjunto das nove provas (30% das 225 questões). Abaixo são apresentados os dados resultantes da aplicação desses critérios nos últimos oito anos.

  2015 2014 2013 2012 2011 2010 2009 2008 2007
Total de Candidatos 39.849 42.045 46.245 40.978 36.315 32.708 34.555 34.999 37.847
Enquadrados no critérios 1 9.296 10.184 12.145   9.980   7.851   6.100   6.228   6.199   7.843
Enquadrados no critério 2 5.663 4.750  4.399   6.829   4.368   4.040   5.272   4.558   4.939
Eliminados no critério 4 11.851 10.325 12.033   8.591   8.884   7.492   8.520   9.218 10.188
Total de Eliminados 26.810 25.259 28.577 25.400 21.103 17.632 20.020 19.975 22.970
Percentual de Eliminados (%) 67,28 60,08  61,79   61,98   58,11   53,91   57,94   57,07   60,69
                   


No Concurso Vestibular de 2015, a aplicação desses critérios de notas e de desempenho mínimos resultou na eliminação de 26.810 candidatos, conforme detalhado no quadro a seguir, tendo permanecido concorrendo um total de 13.039 candidatos, que tiveram suas redações avaliadas.

Motivo de Eliminação Nº de Candidatos
Ausentes em pelo menos uma prova   9.156
Nenhum acerto em pelo menos uma prova    140
Número de acertos inferior a 30% no conjunto das nove provas   5.663
Eliminados pela classificação preliminar 11.851
Total 26.810

 

  PTek/Universitário